• Frase da Semana :
  • -
  • Ao final, não esperem uma verdade absoluta, pois terei que infelizmente lhes informar que não há. - Amanda Lemos -

sábado, 3 de novembro de 2012

MEMÓRIAS I


Texto I
 ( texto sem título )



Choro.... Como se fosse o último dia inacabado da minha vida. 

Sofro, só enquanto respiro. 
Na verdade, não sei o que escrevo.

Não entendo.
Apenas sinto, tenho medo de entender e deixar de sentir. 

Estou tão bem socialmente, mas estou tão só. 
Sinto sua falta, excruciante, como se me faltasse um dente da frente. 
Não há dúvidas, se não é amor o que estou sentindo, não sei explicar que sentimento possa ser este. 

Volte para mim.
 
Me perdoe.

Não me odeie. 

Não há como voltar no passado, mas posso fazer um novo recomeço. 
Dê-me forças. Estou tão só.
Preciso de você. Volte. Me perdoe. 

Errei. Admito. Aprendi e não tenho moral alguma para ensinar, se ensinei algo inconscientemente à alguém,  arrependo-me, pois se essa pessoa me conhecesse de verdade se arrependeria do feito. 

Volte. 

Volte para mim. 
Dê-me mais uma chance. 

Quero seu bem, e lhe desejo a minha sorte, por mais que tenha pouca. 
Quero seu bem, sua felicidade. 

Não sei dizer se me tornei alguma pessoa diferente, talvez sim.
Encontro-me perdida. Sem respostas. Tento esquecer as interrogações e erros e olhar para o futuro, afinal, o que está no passado tem tudo para não está no seu presente.

Mudei de opiniões, mas não de princípios. 

É, não sou mais a mesma, isso me traz alguma felicidade.
Tenho duas escolhas: 1-seguir em frente, e não olhar para trás. 2- viver do passado e apenas me lamentar. 
Obviamente, desejo a primeira, entretanto, ambas  deixam-me com uma sensação estranha, pois nenhuma delas você se encontra...

Talvez seja a hora de esquecer e seguir em frente. 
Confesso que já remei muito, mas imploraria para que você remasse junto . 
Você me fortalece. 
Faz-me querer estar viva, feliz. 
Porém, você não está aqui,. Não te vejo. Não te sinto. Não posso de tocar. 

Não. 

Não volte mais.
Deixe-me só.
Eu mereço. 
Errei.  Deixe-me  aqui em minha solidão presente.

 Deixe-me renascer e voltar a viver.



Texto de Amanda Lemos



* Texto publicado pela primeira vez em 20 de novembro de 2010.

# Em breve a página exclusiva do evento MEMÓRIAS.
Fique ligado !
 
# Mais informações sobre o evento AQUI .

13 comentários:

R. Vieira disse...

Que texto lindo!
Adorei!
Parabéns pelo talento!

Sissym disse...

É preciso coragem para reagir.
É preciso de paz espiritual para fazer escolhas.
Ninguem vive a vida dos outros, quem fizer isso prejudica a todos, especialmente a si mesmo.
Então, é respirar e seguir em frente.
Sempre há um novo caminho para percorrer. Viver é aprender.

Bjs

EDER RIBEIRO disse...

As ações pretéritas só nos servem para o aprendizado. Bjos.

Angela Bergamaschi disse...

Querida, lindo seu texto, exatamente encaixado em uma situação que vivo, porem ao contrario, o perdão seria dado por mim, porem, penso que se der o perdão quem vivera do passado serie eu, pois acredito que nunca mais sera como era. Opiniões, principios mudam a toda hora, não é? ...bjos

JOTA ENE ✔ disse...

Amanda, passando pra agradecer o seu comentario e dizer que amei a sua narrativa.

Beijo[ta]

" Amanda Lopes" disse...

Adorei seu blog..

Parabéns..

Beijos ♥

Um brasileiro disse...

Oi. Boa tarde. Tudo bem com vc. Obrigado pela visita. Estou aqui retribuindo e dizendo que esta muito legal aqui. Gostei. Apareça sempre que quiser. Bjus.

Alma Sonhadora disse...

Perfeito! Lindo demais o texto! E o blog digno de elogios. Adorei.

Luís Paz disse...

Realmente não precisa de título, afinal os sentimentos e as sensações nostálgica implícitas no irracional (ou racional demais) que tu expôs falam por si *---*


Hey segue de volta?
adoraria que lesse meu último post e deixasse um comment.
diademegalomania.blogspot.com

Agradecido, Clive B.

Reinaldo Glioche disse...

Oi Amanda, tudo bem?
Estou retribuindo a visita que vc me fez no Claquete Cultural. Gostei da proposta do blog. Assim como da galeria de exemplos essenciais que devemos sempre ter em mente que vc destacou aqui do lado.
As divagações as quais vc incorre nesse conjunto de textos denominados "Memórias", como ilustram os comentários, são mesmo dignas de elogios.
bjs

Rafael Castellar das Neves disse...

Muito bonito, cheio de sentimentos e verdades...gostei!

[]s

S.C. disse...

Adorei o seus blog, lindo,lindo,lindo. PARABÉNS já estou seguindo.

JG Costa disse...

Gostei minha cara, bem escrito, do começo ao fim.

Abraços renovados.

Nosso Livro Publicado !

Talvez também se interesse por.....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
















Aqui não se conta tudo, porque o tudo é um oco, é um nada. Se conta somente, e o somente não necessita de explicação.

Amanda Lemos